segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Sem nada a esconder

Não se convençam do contrário: o ginásio é indigesto. Ainda assim admiro os desequilibrados (como eu!!) que os frequentam pois não é definitivamente um sitio para mentes sãs. E para o provar nem preciso de ir mais longe do que o ambiente vivido nos balneários. Masculinos claro. 
Sou gay. Não me considero pudico. Gosto de pilas. Mas odeio, muito sinceramente, ODEIO ver as salsichas a chocalhar de um lado para o outro. Qual a necessidade que os homens têm de andar a pavonear-se, qual passarela qual quê, perante, lá está, outros homens? Se são heteros, o que é que tentam provar? Não há nada pior que ver velhos a secar os tomates nos secadores automáticos. Ou os gajos empoleirados nos bancos enquanto secam o rego ou passam creme no corpo ao nível da minha cabeça. Não frequento um ginásio de vau de escada. É uma cadeia de ginásios com alguma reputação e a minha última hipótese de acabar com os meus biceps de galinha. Odeio ter de desviar os olhos enquanto os homens se comportam como se estivessem em casa. Ponham uma toalha porra!!!

16 comentários:

  1. Haverá mesmo, apenas suponho, pois não frequente ginásios, quem lá vá com propósitos maioritariamente nesse sentido: "ver" e ser visto, mas se possível engatar...
    Estarei enganado?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que sim. Há uns que vagueiam, vagueiam...

      Eliminar
  2. Algo constrangedor mesmo, mas sempre tem os curiosos e os desinibidos....
    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Demasiada desinibição acredita. Abraço Ro. Espero que esteja tudo ok contigo

      Eliminar
  3. Também me faz um bocado de confusão aquele grupo de rapazes que estão ali com grandes conversas todos nús.. Eu é tomar banho vestir em 5 minutos e por-me a mexer.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, escaparam-me esses. Pelo menos não dão abraços...

      Eliminar
  4. E fazem a barba nus... e vão secar o cabelo nus... e de repente encontras um conhecido e ele, nu, cumprimenta-te... é das coisas de que não tenho saudades...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Escolhi um ginásio um pouco fora da minha área de residência/trabalho já a pensar nisso. Era mesmo o que faltava...

      Eliminar
    2. a situação mais surreal que tive foi eu a sair do duche e o tipo em frente a sair ao mesmo tempo... eu de toalha, ele nu. Com um mega piercing na glande... e eu conhecia-o. E ele não vai de modos e pimba, grande abraço, dois beijos e toca de conversar... foi traumatizante...

      Eliminar
  5. O pouco tempo que andei num ginásio, não tive nd disso. Tudo mt civilizado, cá para mi devia ser por ir sempre na parte da manha.

    ResponderEliminar
  6. eheheheheheeh

    Cada um mostra o que tem lolololololol :P

    ResponderEliminar
  7. esse mundo de ginásios é muito desconhecido para mim, mas quando andava na piscina as pessoas controlavam-se um pouco mais, felizmente. se bem que de vez em quando aparecia um rapaz que eu não queria nada que se controlasse :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também é mais piscina... E tal como o Aaron, as pessoas eram mais controladas que o que descreves. Haja bom-senso...

      Eliminar