quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Finalmente encontrei a justificação para o meu monstro (vulgo "barriguinha")


... ele é pizzas congeladas, cachorros-quentes com a bela salsicha Nobre, tostas de atum, bolachas com leite ucal, restos de bacalhau com natas do jantar...

12 comentários:

  1. EHEHEH! Que menu variado =p
    Eu cá gosto de uma batatinha lays com coca-cola =x...o melhor truque é não comprar, logo não tendo em casa....humm, por falar nisso, tenho de ir às compras...=D

    ResponderEliminar
  2. Finalmente encontrei a solução para o teu monstro (vulgo "barriguinha"): não comas essas bombas calóricas. Nada disso entra no meu corpinho. :p

    Se tiveres tentações, lembra-te de algo que uma tia repetia vezes sem conta: "um minuto na boca; uma vida nas ancas". Consulta diária obrigatória ! xD

    ResponderEliminar
  3. @ Su - batatinha Lays só se for das clássicas. nham nham um vício

    @ Mark - sou magrinho Mark. Felizmente posso dar-me ao luxo de prevaricar... constantemente :D

    ResponderEliminar
  4. Faz-me mal ler coisas destas e depois saber que se continua magro...
    Que raiva!

    ResponderEliminar
  5. eu tb sou desse que pode comer o que quer :)
    mas adorei o "ditado" do mark ;)

    ResponderEliminar
  6. o meu problema é que se eu não tiver aquilo que gosto mesmo em casa, vou comendo snacks aqui e acolá, nunca me sentindo satisfeito. e depois... mas já estou melhor. Já perdi 7 quilos.

    ResponderEliminar
  7. Francisco - Deus Olimpo11 de novembro de 2011 às 00:55

    Gostei da parte das pizzas XD

    E, do bacalhau com natas;

    Afinal, existe sempre uma resposta para tudo...

    digo eu...

    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Ginásio? Eu nem tempo para cortar as unhas tenho. Qualquer dia rendo-me às unhinhas francesas

    ResponderEliminar
  9. aahhh afinal não sou só eu com fomes às 2h da manhã...

    ResponderEliminar
  10. Batatinha frita é coisa que não entra cá em casa pela minha mão. Mas por vezes compro aquelas saladas de alface e rúcula já prontas a consumir e vou comendo como se fossem batatas fritas.

    ResponderEliminar